Estudos de Caso

Valorizando um fluxo custoso de resíduos

Programa Clean Palm da cidade de Phoenix Valorizando um fluxo custoso de resíduos

Visão Geral

A necessidade: a cada ano, 34 mil toneladas de folhas de palmeira vão parar no aterro sanitário municipal da cidade de Phoenix, o que é custoso tanto para o município quanto para o meio ambiente.

A solução: a cidade fez parceria com a Palm Silage, que tinha desenvolvido um processo para transformar as folhas de palmeira em um ingrediente para a alimentação de animais.

O que o torna circular: a Palm Silage também mistura uma série de outros coprodutos e materiais "residuais" para criar uma ração altamente nutritiva.

Os benefícios: os custos anuais de descarte para o município foram reduzidos e a Palm Silage criou um novo negócio com receita de $10 milhões, bem como uma série de novos empregos locais.

Um material difícil de descartar

As palmeiras são uma espécie comum em paisagens tropicais ou desérticas e costumam ser plantadas como elementos ornamentais de cidades. As folhas dessas árvores – chamadas frondes – surgem da queda natural ou da poda das palmeiras. São difíceis de triturar e moer como cobertura morta ou de processar por compostagem devido à sua natureza dura e fibrosa. Se manuseadas incorretamente, também existe o risco de germinação e crescimento de novas palmeiras durante o processo. Como consequência, o material da folha de palmeira muitas vezes acaba em aterros. Estima-se que 34 mil toneladas são descartadas dessa forma a cada ano somente no fluxo de resíduos municipais da cidade de Phoenix.

Patrick Tomasso / Unsplash
Patrick Tomasso / Unsplash

Resíduos = Alimentos

A cidade de Phoenix identificou que desviar os resíduos de folhas de palmeira do aterro seria uma forma de chegar mais perto da sua meta de 40% de desvio até 2020 e uma oportunidade de inovação e de estimulo à economia local. Para enfrentar essa perda significativa de nutrientes biológicos, foi criada uma RFP de Transformação de Lixo em Recursos.

Logo depois, a prefeitura foi procurada pela Palm Silage, uma empresa da Califórnia que usava folhas de palmeira, tâmaras (que são rejeitadas pelo mercado), canola, farelo de trigo e farelo de arroz para criar alimentos altamente nutritivos para cavalos, ovelhas, vacas e outros animais.

Programa Clean Palm

A Palm Silage assinou um contrato de operação e arrendamento de 30 anos com a cidade de Phoenix, onde irá trabalhar estreitamente em regime de colaboração público-privada. A Palm Silage está criando um novo empreendimento, que inclui o arrendamento de 10 acres de terra no centro de economia circular da cidade de Phoenix, chamado Resource Innovation Campus. O campus é o local de uma das instalações de transferência de resíduos e recuperação de materiais da cidade, mas também tem alguns terrenos reservados para potenciais inovadores em matéria de resíduos.

Na primeira fase do projeto, a Palm Silage irá coletar, secar e moer as folhas das palmeiras e o produto será transportado para diversos locais de processamento, a maioria localizada na Califórnia. Durante a segunda fase, a empresa transferirá a fabricação do produto final para o campus de Phoenix. A nova fábrica deve ficar pronta em 2019.

Após um processo cuidadoso de obtenção de licenças e preparação do terreno para o processamento de folhas de palmeira, a cidade começou a desviar as folhas em dezembro de 2017 e a Palm Silage iniciou suas primeiras operações no local em abril de 2018.

Para aumentar o volume de folhas de palmeira coletadas, a cidade de Phoenix começou a comercializar o projeto para todos os paisagistas por meio do estabelecimento do Programa Clean Palm. O programa oferece uma taxa de depósito com desconto na estação de transferência para paisagistas que entregam cargas de palmeiras “limpas”, livres de outros materiais orgânicos ou resíduos sólidos.

Annie Spratt / Unsplash
Annie Spratt / Unsplash

Desafios

Os principais desafios associados à implantação do projeto eram relativos à matéria-prima inusitada, o que dificultava a busca de potenciais parceiros devido à falta de empresas que utilizavam folhas de palmeira como ingrediente de seus produtos. Tendo identificado a Palm Silage, a cidade de Phoenix se apoiou em uma forte colaboração com a empresa para comercializar em um nicho específico e para o público de “adotantes precoces”.

O outro desafio estava relacionado com a obtenção de licenças ambientais, um processo demorado e por vezes difícil. O principal obstáculo a se superar era a mudança de zoneamento do terreno para liberar uma unidade de fabricação para a empresa. Há pouco tempo, a Palm Silage finalmente recebeu sua licença de qualidade do ar no segundo trimestre de 2018.

Benefícios e oportunidades

O Programa Clean Palm tem o potencial de reduzir custos para a cidade de Phoenix, gerar atividade econômica que inclui empregos para seus cidadãos e reduzir a pressão sobre os recursos naturais.

O desvio de 34 mil toneladas do aterro municipal significa uma taxa de desvio de resíduos de 3%, o que representa uma contribuição significativa para a meta da cidade para 2020. Financeiramente, o município pode economizar anualmente cerca de $170.000 em custos de transporte e aterro para as folhas de palmeira.

Em termos de receita e criação de empregos, a Palm Silage pode gerar $10 milhões em vendas e até 12 empregos com sua empresa em Phoenix.

De uma perspectiva ambiental, o uso das folhas de palmeira desviadas do aterro e das tâmaras não comercializáveis reduz o uso da terra e o consumo de água necessários para o cultivo de alimentos tradicionais como milho, farelo de soja e feno de alfafa. Quando comparado aos recursos necessários para o cultivo de alfafa, a Palm Silage prevê, nos próximos cinco anos, economizar 102 bilhões de litros de água (mais de 40 mil piscinas olímpicas) e 5.800 acres de terras agrícolas.

Informações do projeto

Palm Silage Inc.

  • Sediada na Califórnia
  • Produz ração animal a partir de ingredientes e coprodutos naturais
  • O fundador da Palm Silage, Jim Parks, é um veterano agricultor de palmeiras que viajou para a Tunísia há mais de cinco anos, onde testemunhou o gado se alimentando de folhas grossas
  • A Palm Silage é a única empresa no mundo com patentes pendentes em um processo de conversão de folhas de palmeira em uma ração altamente nutritiva para animais.

Cidade de Phoenix

  • Capital do estado do Arizona, Estados Unidos
  • 5ª maior cidade dos EUA com uma população de 1.615.017 (estimativa de 2016)
  • Conhecida como “Vale do Sol” devido ao clima quente e ensolarado o ano todo
  • Phoenix é membro do CE100 desde outubro de 2015


Mais informações:

Acesse Palm Silage para obter mais informações sobre o “Sweet Date Feed”

We have detected that you are using an older browser. Please update to the latest version of Google Chrome, Mozilla Firefox or Microsoft Edge to improve your user experience.

If you are unable to upgrade your browser, please see our Technical FAQ page to get tips on how to improve your user experience.